O texto que vem a seguir é voltado para quem está iniciando o treinamento com pesos e busca bons resultados ou aqueles que treinam à algum tempo e não estão tendo resultados satisfatórios, se você se encaixa em algum destes dois perfis este texto é para você.

1- Vá até a academia para treinar.

Ok, você tem 3, 4 ou até 5 horas livres para ficar na academia, mas se você não está treinando para o iron man ou para a maratona de Nova Iorque de uma a no máximo duas horas já é o suficiente. Aí você me diz; “mas eu vou para academia para conversar com os amigos para fazer o social”, NÃO, está errado, academia é lugar de treinar e vou te dizer porque isso atrapalha no seu resultado:

a) O seu descanso entre as séries é longo demais (pois a maioria fica conversando entre as séries durante muitos minutos) e a musculação também chamada de resistência de força funciona quando você “desgasta” o músculo ao extremo, se o intervalo entre uma série e outra ou mesmo de um exercício para o outro for muito grande, desculpa, mas você estará treinando força e não hipertrofia e então o seu resultado desaparece.

b) Treino bom de hipertrofia é aquele que dura no máximo 1 hora, fazendo mais um pouco de abdominal e mais 30 a 45 minutos de esteira, completando no máximo de 2 horas, mas você fica 3, 4 horas batendo papo com o professor (atrapalhando ele, diga-se de passagem), ou fazendo uma aula aqui e outra ali e apenas bebendo água, existe um termo que se chama “janela de oportunidade”, e essa janela de oportunidade diz respeito à alimentação após o treino, isso quer dizer que você tem um tempo limite para tomar seu suplemento e fazer uma refeição sólida após 40 ou 50 minutos, mas não, você está na academia ainda, perdendo sua janela de oportunidade e consequentemente seu resultado.

c) Conversa vai, conversa vem e você está a 15, 20 minutos no mesmo aparelho, atrapalhando quem quer treinar de verdade, e tumultuando o ambiente, não seja inconveniente, pare de conversar e vá treinar.

2 – No verão evite “super treinos”

No verão é onde todas as academias estão superlotadas, você tem que revezar aparelhos com mais 8 pessoas, então evite fazer treinos onde você tem que usar mais de 2 aparelhos em sequência, na realidade dependendo do horário evite fazer qualquer tipo de “supersérie”, lembre-se a academia não está apenas a sua disposição, e você não é melhor nem pior que ninguém, não seja egoísta, certo.

3 – Execute os exercícios de forma perfeita com pesos condizentes com sua força.

O seu músculo não sabe se você levanta 5, 10 ou 100 quilos o que ele entende é intensidade, apenas isso, se o exercício for executado corretamente, o tempo de descanso for respeitado rigorosamente, não há necessidade de exagerar na carga, alem do mais, qualquer exagero é prejudicial, já presenciei alguns acidentes pelo aumento de carga além do que o aluno podia levantar. Outro fato interessante a valium for felines citar é que o úsculo é ativado no seu todo quando o exercício é feito na sua plenitude, ou seja, movimento completo, quando a carga é aumentada acima do que você aguenta, além de ser ridículo você fazer 1/3 da execução do exercício, o risco de lesão é extremamente alto, articular e muscular, qualquer uma das lesões você terá que interromper o exercício pelo menos por 30 dias, ou seja, 30 dias a mais que você fica longe do seu objetivo.

4 – Arrume um parceiro de treino.

Pois bem mas você gosta de treinar pesado, não vê a hora de chegar na academia e colocar 120 quilos no supino, ok, tudo bem, mas então procure um parceiro de treino que também goste de colocar muita carga, o professor da academia não é seu personal trainer, não tem obrigação alguma de ajuda-lo muito pelo contrario ele tem de ensinar os alunos novos a execução perfeita do exercício, e não fique “pescando” os outros alunos para lhe auxiliarem, eles tem o treino deles e já vi aluno novato tentando ajudar “marombeiros” e se contundindo por não saber auxiliar corretamente.

5 – Coma corretamente.

Você quer ganhar massa muscular, pois bem, então coma certo! Se você é daqueles que não come nada antes e depois da academia ou uma fruta antes e um pão com ovo frito após, você pode treinar 10 anos que o resultado não vai aparecer, as principais refeições de quem quer chegar em algum lugar é antes e após o exercício, e tem de ser com a melhor qualidade, mas não é apenas isso o fato de comer a cada 3 horas e sempre conter carboidrato e proteína nas sua refeições com baixo teor de gordura é fundamental, se você é daquelas pessoas que não faz o café da manhã, costuma fazer um lanche no lugar do jantar, é melhor começar a rever seus conceitos e modificar sua rotina de alimentação. Beber água também é fundamental, uma célula bem hidratada funciona infinitamente melhor, beba água durante todo o dia e durante o exercício, principalmente quando a temperatura estiver elevada.

6 – Suplemente com inteligência.

Vejo muitas pessoas que vão ao meu consultório consumindo 5, 6 ou mais suplementos e executando 1 a 2 horas de treino, será que é necessário toda essa carga de suplementação para tão pouco tempo de treino diário, vamos começar pelo básico, você não é triatleta ou nadador ou corredor profissional que treina 2 ou até 3
vezes ao dia e ainda faz musculação para complementar o treino, não é que você não precisa de suplemento, mas, cada individuo necessita da sua seleção de suplementos, o que deu certo para seu amigo, não necessariamente dará certo para você, como o treinamento tem que ser planejado individualmente, a dieta e a suplementação também.
Novamente reforçando, nada melhor que procurar um nutricionista, principalmente se este profissional for especialista em nutrição esportiva pois assim você verá diferenças significativas em um espaço relativamente curto de tempo, fazendo com que você economize tempo e dinheiro.
Treine e se alimente com consciência e inteligência, seu corpo lhe mostrará os
resultados.